Love is real.

Posso dizer que, em toda a minha ingenuidade, que, convenhamos, já não é muita, e verditude, amo.

 

Estou feliz.

Amo-te.

publicado por Gualter Ego às 18:28 | link do post | comentar