Amo-te, Manel Cruz.

"Ninguém é quem queria ser. Eu queria ser ninguém."

publicado por Gualter Ego às 21:58 | link do post | comentar