P.

Não sou nenhum cobarde.

Não mudei, por isso não digas que já não conheces quem eu sou.

 

Aqui não há vítimas ou prejudicados: um homem bêbado é como uma criança, sincero.

Sim, eu sei que a verdade dói, mas não podia permitir que a mentira se tornasse mais que isso.

publicado por Gualter Ego às 16:52 | link do post | comentar