#17

Tens-me como louco,

Eu tenho-me como normal.

 

Está tudo torto:

As lágrimas que já não caiem,

Os sorrisos que não se esboçam na tua cara.

 

publicado por Gualter Ego às 22:16 | link do post | comentar