Terça-feira, 02.10.12

...

A paciência;
A rudeza franca
Que atravanca
A alma e a
Língua e tudo.
Ah, Porvir,
Fora eu mudo…

publicado por Gualter Ego às 17:00 | link do post | comentar

Olha, este, não sei quê rimas.

A mulher finge
E engana em tramas
De esfinge;
Todavia, não atinge
Toda a graça que finge.

A graça finge-lhe o
Verso,
Diga o que disserem, se disserem
O inverso -
Na métrica, no método,
No sistema -
Cheia de graça ou
Desgraçada,
Toda mulher merece um
Poema.

publicado por Gualter Ego às 16:09 | link do post | comentar
origem

Follow me, e assim...

origem

links

arquivos

Outubro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31