Quarta-feira, 22.09.10

A inquietação desse teu beijo.

Sou uma besta,

Porque não sou Deus algum.

Se te quero, se estou contigo,

És mais que a solidão e o lugar nenhum.

 

Se no fumo do cigarro,

Se solta a voz e o coração,

Respiro fundo, o nosso ar,

Não é amor, é tesão.

 

À imagem imaculada,

De um selvagem animal negado,

Às raízes, retornado,

Chora-me a alma, cansada.

 

Olhas,

Mas não me vês.

publicado por Gualter Ego às 23:03 | link do post | comentar | ver comentários (6)

Vês-me?

Não tens de ter mais medo de mim, já engoli todas as perguntas que havia por fazer. Não quero mais ser muito, não quero viver depressa e morrer jovem, nem sequer tenciono morrer, se assim mo permitirem.

Sorri para mim, sussura-me uma canção.

Como te chamas?

publicado por Gualter Ego às 22:56 | link do post | comentar | ver comentários (4)
origem

Follow me, e assim...

origem

links

arquivos

Setembro 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
17
21
24
26
27
28