#20

É o frio que corre os meus pêlos das pernas, é a minha pila que cresce quando vejo uma mulher nua, é a raiva que acorda quando se trocam olhares daqueles.

 

"Ó mãe, por que é que quando vejo uma mulher nua a minha pila cresce?"

 

Ó INGENUIDADE, DOCE INGENUIDADE que me eras tanto e foste embora.

publicado por Gualter Ego às 20:12 | link do post | comentar