Domingo, 27.12.09

Sou.

"I will hold the candle, 'till it burns up my arm."

 

Esperarei por ti até ganhar raízes.

Suspirarei por ti até o meu bafo congelar.

 

Mas diferença faz, se estou sozinho?

 

Já dizia um conhecido meu que a solidão é a pior coisa neste mundo.

E é.

 

Esqueci-me de como se fala.

Esqueci-me do sabor dos alimentos e do cheiro da terra molhada.

Esqueci-me de como se fazem contas de somar e subtrair e esqueci-me do sabor dos beijos dela.

 

Esqueci-me de como se chora. Perdi a capacidade de chorar, de tanto que já chorei eu.

Eu já nem sei o que é o frio e o calor. Já não sei o que é tomar banho. Já não sei o que é sonhar. Eu nem sequer me lembro do que é a dor carnal. E como poderia, se o que me dói não é a carne?

Sou um monte de massa disforme que pensa. Sou a vela que arde e derrete. Sou pó.

 

Volta. Preciso-te.

 

 

 

publicado por Gualter Ego às 16:58 | link do post | comentar

Suicídio.

Olhei cá para baixo.

Escondi a fotografia dele no bolso direito do casaco e respirei fundo.

 

Saltei.

E só quando já estava a mergulhar em direcção à morte certa é que comecei a pensar: A vida é bela. A vida cheia de cores, emoções, experiências, desgostos e sorrisos, é a melhor experiência e a maior dádiva dos nossos Pais. É pena ser tarde de mais.

 

 

 

publicado por Gualter Ego às 16:53 | link do post | comentar

16:48

Contrastam as minhas mãos, em termos de calor.

Contrastam os dois lados do meu cérebro.

Aborrece-me esta pesada monotonia do respirar, do bater do coração.

Aborrecem-me as horas que trazem a noite a horas descaradas.

Quero gritar.

 

Posso gritar, Mãe?

 

 

 

 

publicado por Gualter Ego às 16:46 | link do post | comentar

Dead leaves and dirty ground.

"You know the man with the microphone can't tell you what he loves the most, but every breath that is in your lungs is a tiny little gift to me.

If I could only see your pretty voice, I don't think I'd need to see at all."

                                                                                                                                 - Jack White

publicado por Gualter Ego às 16:42 | link do post | comentar

A minha vida parou na letra S.

Está frio, tanto fora, como dentro de casa.

Não chove, não neva, não nada, mas o céu está cinzento.

Desbastou-se uma oliveira e uma janela aqui da casa é a moldura de uma linda paisagem, que junta o céu e os sulcos da terra.

 

Dois cobertores tentam aquecer-me a carne, que é fraca.

A televisão está desligada.

 

Penso no que lhe disse ontem, depois e antes dos lábios dela tocarem os meus. E como sabem bem os lábios dela. São suaves como seda, gentis como a neve que poisa nos teus dedos...

 

"They say a masterpiece is something you keep forever. Something you love forever. You're my masterpiece. You're a masterpiece of DNA."

 

 

 

 

(O amor faz os homens ridículos e corajosos. Faz os homens parvos e sentimentais e lamechas, mas é tão bom amar.)

publicado por Gualter Ego às 16:31 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Neve.

"Fui ver. A neve caía
do azul cinzento do céu,
branca e leve, branca e fria…

(...)"
 

O caminhar altera-se quando se palmilha a terra coberta de neve. O olhar brilha. As mãos crescem e o nariz enregela.

Há tanta calmaria: não há barulho nenhum.

Deixa-me cair. Frio não me aflige, ensinaram-me a tremer ainda era eu um bebé.

 

Anda comigo.

 

 

publicado por Gualter Ego às 16:25 | link do post | comentar

Quarto.

Meu quarto, meu refúgio.

(Refúgio mal-cheiroso, que eu não fujo ao cliché do rapaz adolescente que cheira mal dos pés).

 

Declaro o caos: pedaços e excertos de livros, páginas, poemas espalhados pelas paredes.

Imagens dos meus deuses maiores, perpendiculares à cama. Páginas de revistas, pessoas a grunhir, mulheres que exclamam We Can Do It! e sons.

 

Sons que batem nas paredes, amadurecem no cérebro e saiem pelas mãos.

 

Deito-te. Rebolo. Dispo-me. Volto a vestir-me. Adormeço. Até amanhã refúgio mal-cheiroso.

publicado por Gualter Ego às 16:15 | link do post | comentar
origem

Follow me, e assim...

origem

links

arquivos

Dezembro 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
28
31