Sexta-feira, 16.10.09

#4

O que ficou por dizer:

 

"Foste embora de corpo quente, (...) deixas-me a sonhar com o teu olhar ardente, ausente."

 

E não cheguei a abraçar o teu tão famigerado calor.

E agora "toco, canto, grito sem pudor, salto e caio sem dor, só para poder viver".

 

 

 

publicado por Gualter Ego às 21:21 | link do post | comentar

#3

O cavalo branco e dourado hoje não estava lá.

Será que fugiu?

Se sim, bendito seja ele entre todos os cavalos em cativeiro.

Se não, ou se estava a esconder da luz do dia ou morreu.

 

Hoje, ouve suor, risos, nostalgia e abraços.

 

Abracei a manhã, abracei os meus amigos, abracei o vento e abracei, há pouco, a noite.

E como está estrelado o céu...

As estrelas sorriram-me, porque eu sorri para elas.

Sinto-me bem.

Às pessoa que amo, digo que as amo.

E não odeio ninguém.

 

 

publicado por Gualter Ego às 20:27 | link do post | comentar
origem

Follow me, e assim...

origem

links

arquivos

Outubro 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
21
22
23
24
25
26
29
31