Por fim.

A Máquina do Mundo está a mover-se. Tchanca-tchanca, tchanca-tchanca.

Deixai-me dormir, por fim.

publicado por Gualter Ego às 00:10 | link do post