Acordem.

Reduz-se rima

À piada fácil e ao gracejo indecente,

Faz-se a quadratura da círculo,

E a juventude é contente.

 

Sei que não estou sozinho,

Nem abandonado,

E só não perco a esperança,

Em mim, em ti, e em quem quiser que assim seja,

Porque sei que quando morrer,

Vou deitado.

publicado por Gualter Ego às 19:42 | link do post