Suicídio.

Olhei cá para baixo.

Escondi a fotografia dele no bolso direito do casaco e respirei fundo.

 

Saltei.

E só quando já estava a mergulhar em direcção à morte certa é que comecei a pensar: A vida é bela. A vida cheia de cores, emoções, experiências, desgostos e sorrisos, é a melhor experiência e a maior dádiva dos nossos Pais. É pena ser tarde de mais.

 

 

 

publicado por Gualter Ego às 16:53 | link do post | comentar