Ao meu lado.

Sinto-me vivo.

Reduzido, fumado,

Humilhado e esquartejado.

Não quero ninguém

Ao meu lado,

Senão um outro meu eu.

 

É amargo,

Esse teu calor.

Esse teu beijo,

Foi escuro, sem cor.

 

Je veux pleurer.

publicado por Gualter Ego às 01:30 | link do post | comentar