Agonia, sangue e tripas.

No céu está escrito "Venera-me!", então tu veneras o céu.

És puro acaso. Nada foi feito para ti, nem nada, por ti, foi feito.

E depois queres salvar o mundo, e esqueces-te de amá-lo tal qual ele se apresenta.

 

Que o teu mundo seja temperado com agonia, sangue e tripas, à imagem e semelhança do mundo que Ele criou, cheio de gente decapitada mergulhada na própria merda. Este nosso mundo nunca teve salvação.

 

publicado por Gualter Ego às 17:24 | link do post | comentar