90

Amortalha-me a alma,

Que o corpo adormecido,

Envellhecido, aborrecido,

Já está acabado, fumado,

Queimado;

E os meus olhos

Já não te veêm com antes,

Quando me beijavas,

Me olhavas

E me afagavas

O cabelo.

 

Já só sou capaz

De tocar

Na guitarra

Uma qualquer canção

Melancólica,

Cinzenta,

Dos anos noventa.

publicado por Gualter Ego às 21:33 | link do post | comentar