Dois olhos.

Olha para mim,

Aqui,

Com a tua cabeça poisada no meu peito.

 

Acordaste o amor,

Quando apagaste a dor.

 

 

publicado por Gualter Ego às 20:51 | link do post | comentar