...

- Olha lá, se achas assim tanto que a vida não tem sentido, por que é que ainda cá andas?


Há um silêncio. Chaga-me o olhar a luz que bate do soslaio nos prédios brancos da frente. Passa um carro contra a chuva que começa a cair. Uma velha tira a roupa do estendal, primeiro os lençóis, depois as cuecas.

 

- A comida é boa…

publicado por Gualter Ego às 04:02 | link do post | comentar