...

O batuque que o meu corpo faz quando bate nas paredes é seco: estou oco.

Sorveste-me completamente. Chupaste-me a vida até à última gota, até ao último suspiro.

publicado por Gualter Ego às 20:22 | link do post | comentar