Partir para ficar.

As baratas são a minha única companhia.

 

Há semanas que não vejo o sol. A minha pele está a ficar pálida e as olheiras chegam-me ao queixo.

As minhas unhas ferem-me a mão quando cerro o punho em dor.

 

"MÃE, EU QUERO MORRER!"

 

 

publicado por Gualter Ego às 01:17 | link do post | comentar